segunda-feira, 22 de março de 2010

Tempo para tudo


Salomão escreveu três grandes livros: Cantares, onde ele escreveu poeticamente com o coração, apaixonado pela negra Sulamita, quando ele ainda era jovem e bonito. Provérbios, onde ele começa a amadurecer e Salomão vira homem de meia idade e escreve com a razão,já não escreve mais para galantear moças e pensa que tem que deixar um legado para sua posteridade e agora ele escreve com a maturidade: melhor um homem ir a um velório do que ir a uma festa. Num belo dia Salomão amanhece com dores no corpo, se olha no espelho e leva um susto porque o que ele vê não é muito seguro, porque o que ele vê não é mais o garoto que conquistava setecentas mulheres e trezentas concumbinas, ele não vê mais o homem de meia idade que está escrevendo um livro sendo aplaudido. O que restou agora foi uma carcaça e vê aí que está ficando velho. Ele olha para o espelho e ouve a voz da sua consciência que diz que há um tempo para tudo na terra. Vai para a mesma escrivaninha onde escreveu cartas para Sulamita e Provérbios e agora pega a caneta com a sua mão trêmula e começa a escrever Eclesiastes, o livro mais poderoso que ele já havia escrito na vida. Ele começa a escrever o livro dizendo assim: vaidade, vaidade, tudo é vaidade. Tudo passa, a beleza física passa, a inteligência passa, o reinado passa, a experiência passa, os homens passam, os amigos vão embora, a única coisa que fica é aquilo que é imaterial, é aquilo que a terra não pode carcomer, o que sobra é a experiência viva de um Deus que fez os céus e a terra, que explicou a ele que a vida era assim. O tempo chegou, foi embora o vigor, foi embora a vida e o que fica nesse corpo são experiências traumáticas, de perseguições, de traições, de angústias, de casos mal resolvidos, de noites mal dormidas. Salomão chorava ao escrever esse livro. E um dos versículos mais lindos deste livro: Lembra-te do teu criador nos dias da tua mocidade antes que venha os maus dias. Eclesiastes 12:1.
Baseada nessa palavra eu senti que a vida passa e que tudo é pura vaidade nessa vida terrena.
Quando eu escrevia textos e poemas seculares eu não me dava conta disso, pensava que somente isso me bastaria pra sentir-me realizada. Quando eu teimava em comprar compulsivamente objetos por puro prazer, mesmo sabendo que os usaria uma única vez e depois ficariam guardados nos armários eu não me dava conta que isso era pura vaidade e o que realmente importava e importa são as coisas que não são deste mundo. Deus é o único que importa, buscar a Deus em primeiro lugar é a única coisa que importa.
Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça. Mateus 6:33.
A minha vida passou, como a de Salomão passou e eu louvo a Deus por Tê-Lo encontrado. As minhas paixões hoje são outras, os meus prazeres hoje são outros que não pertencem a este mundo. Antes sim, procuro discernimento em tudo quanto vou fazer e escolher. Viver bem com a minha família que não é fácil e meus irmãos em Cristo, ajudar os necessitados com orações e obras e servir a Deus de todo o meu coração, por mais que tudo isso seja difícil, que a carne queira gritar ainda mais alto, eu tentoPara mim o livro de Salomão é um dos mais bonitos, pois identifico-me com as suas ações e a maneira como ele percebeu que há um tempo para tudo. Marisete Zanon

8 comentários:

Alessandra disse...

Aleluia!Que texto é este?Maravilhoso!Se me permitir,hora dessas quero posta-lo em um dos meus blogues...abraço,até logo!

Rosiane disse...

Parabéns pelo lindo texto Mari...
Benção mesmo!
Que o Deus bondoso continue a te inspirar!
Abração!

Carlos Couto disse...

Como frutos, que um dia venhamos a verdadeiramente amadurecer! Apenas tenho um senão (muito pessoal) ao seu depoimento (e de muitos outros, que pactuam do mesmo pensamento), é corrente apontar com desdém "as coisas do mundo", "os livros mundanos", "os filmes mundanos", "músicas do mundo"... Somos seres desse mundo, elementos da Criação, assim como esse mundo, como todos por aqui. É preciso ter o senso crítico, mas também ver o bom em cada uma das coisas...

Sou a Mariza Maravilha, "A Srtª. que faz a diferença" disse...

Menina de Deus ai amei seu texto posso colocar em outro blog que tenho da bíblia colocando o nome seue de seu blog?
ameiiiiiiii...


amada linda do Senhor flor do jardim que Deus preserva,que vc. tenha uma linda páscoa e sua semana rica de bençãos.

Mariza Maravilha2

luciana disse...

voce se esqueceu de mim?
nao faz nenhum comentario mais,e ai como vai?????estive lendo seu blog e vi que anda meio ocupada mas assim que tiver um tempinho da uma passadinha no meu blog e diz um oi.

Aline Aguayo disse...

É. Há o tempo de fazer coisas de criança, e o tempo de crescer. O tempo de plantar e o de colher, de rir e de chorar...
Deus sabe tudo o que faz, porque faz e como fazer.
Ele é perfeito!


Beijo amada!

evanir disse...

Voltar aqui é sempre uma honra pra mim,
realmente você é muito importante na minha vida.
que a presença de Deus inunde seu coração.
Querida, tenha uma semana abençoada!
Beijos carinhosos ,Evanir.
Ofereço meu award e mascotinho com muito carinho.
www.fonte-amor.zip.net

Chris Amag disse...

Graça e Paz!

Lindo blog, "há tempo para tudo", temos de ter equilíbrio para não fazer nada em demasia. Deus também quer que vivamos felizes, usufruindo dos bens que conquistamos com o suor do nosso próprio trabalho, não devemos sentir culpa, Ele aprova os mimos que nos damos.

Bjs
Chris Amag